Archicad, O Primeiro Software BIM da História.

As ferramentas CAD revolucionaram a indústria, e de maneira um pouco tardia essa revolução chegou à construção civil.

Vimos no artigo anterior que o surgimento do BIM veio para beneficiar toda a cadeia construtiva, e agora vamos explorar o surgimento de alguns dos mais populares softwares de projeto BIM aqui no Brasil, começando pelo ARCHICAD.

Fonte: Graphisoft

Todos sabemos que empreender não é simples, mas para o húngaro Gàbor Bojar teve um adicional de dificuldade, pois criar uma empresa em um país socialista no ápice da guerra fria foi um ato no mínimo audaz.

Logo após sua graduação em física, Bojar começou a trabalhar no instituto estadual de geofísica. No início da década de 1980, o instituto encerrou o financiamento de seu software de modelagem, fazendo com que Bojar trabalha-se como um programador externo juntamente com Ulrich Zimmer, culminando na fundação da Graphisoft em 1982.

Do RADAR CH ao ARCHICAD

Inicialmente eles desenvolveram um software que auxiliou o Ministério Húngaro de Energia na solução da implantação de uma Usina Nuclear Soviética. O software foi desenvolvido no período noturno nos computadores do Instituto de Geofísica. Este software foi vendido juntamente com os projetos da usina.

Mais tarde, após o lendário episódio em que Gabor adentra a cortina de ferro com quatro computadores da Apple na bagagem, correndo o risco de prisão (pois no regime comunista era proibido a propriedade de computadores pessoais dentre outros itens ), eles reescrevem o software para o Apple Lisa sob codinome de RADAR CH e, em seguida, renomeado para ARCHICAD , o qual não rendeu um fabuloso resultado financeiro, mas foi capaz de manter a empresa nesta década de 1980 (período que recebeu aportes financeiros de Steve Jobs).

ArchiCAD 5.0 – Fonte: Graphisoft

A década de 1990 foi de expansão para a empresa, que se internacionalizou alavancada pela disseminação do ARCHICAD, que a esta altura já rodava também nos computadores pessoais com sistema da Microsoft.

Embora inovador, com o conceito de edifício virtual e a integração de ferramentas CAD (2D, 3D e editoração eletrônica) e renderização, algumas limitações não incentivaram a utilização do software em projetos de maior escala por muitos anos, porém a qualidade, confiabilidade e precisão do programa dispertaram o interesse na gigante da tecnologia AEC Nemetschek, que em 2007 adquire a Graphisoft, mas Bojar manteve-se como CEO até 2012, participando ativamente de Importantes atualizações do ARCHICAD.

Bim Cloud – Fonte: Graphisoft

Nos últimos anos, o perfil inovador da Graphisoft nos apresentou a tecnologia do BIM Cloud, um servidor de dados que armazena informações dos projetos e permite que usuários trabalhem em tempo real num mesmo projeto, em um ambiente de rede fechada, interna, ou mesmo pela internet. O Archicad conecta-se à este servidor por meio do Teamwork, potencializando o trabalho em equipe.

A mais recente inovação é a conexão com o Twinmotion da Epic Games, que gera renderização foto realista em tempo real dos modelos, por meio do poderoso motor de games Unreal Engine da Epic.

Literatura Recomendada

O que vem por aí?

Outro software de grande expressão no mercado nacional é o Autodesk(R) Revit(R), cujo conceito de edifício virtual também é explorado. No próximo artigo veremos como ele surgiu.

Até lá!

Everton Teles
Arquiteto e Urbanista, reconhece a cidade como a maior invenção humana, e, para melhorar a qualidade de vida nos centros urbanos, acredita que a tecnologia pode trazer a sustentabilidade tão buscada.